Publicidade

Links anúncios:
Cartões Postais Virtuais
Agora você já pode enviar cartões postais virtuais!
Publicidade



R E D E S    S O C I A I S



Rating for vejaaqui.com

Vejaaqui.com - Aqui a cidadania tem lugar!

Audiência Pública sobre a Redução da Maioridade Penal

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Escrito por bew Seg, 20 de Abril de 2015 19:15

 

microphone-298587 640

Assista dia 23 de Abril de 2015 a partir das 9 horas da manhã a audiência interativa direto do site do Senado.

Link externo:Audiência Pública Interativa - no site do Senado Federal

AddThis Social Bookmark Button
 

Ebola: ONU lança projeto de controle da doença nas fronteiras de Gana

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Escrito por bew Sex, 10 de Abril de 2015 10:06

Saude solidariedade

(*)

 

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) lançou hoje (10) projeto de controle da propagação do vírus ebola entre migrantes que atravessam as fronteiras de Gana, sede da missão da Organização das Nações Unidas (ONU) para o combate à doença.

A iniciativa, avaliada em 378 mil euros e financiada pelo governo japonês, visa a reforçar o trabalho de prevenção do ebola, feita pelas autoridades de Gana, evitando a ocorrência de casos semelhantes no futuro, particularmente nas áreas fronteiriças mais afetadas da África Ocidental.

"O recente surto de ebola ensinou ao mundo que a mobilidade humana é fator-chave para a propagação da doença. Apesar dos progressos encorajadores na região, o vírus ebola continua a ser um problema de saúde pública para Gana”, observou a chefe da missão da OIM em Gana, Sylvia Lopez-Ekra, citada em nota da agência da ONU.

Ela destacou que o projeto de redução de risco do vírus entre os migrantes, apoiado pelo governo do Japão, “vai desempenhar papel crítico por continuar a apoiar os agentes da linha de frente” (os funcionários do setor de migração).

 

No âmbito do programa, a verba desembolsada pelo governo japonês servirá para adquirir equipamentos para que os funcionários do setor de migração se protejam de eventuais contaminações do vírus durante a vigilância das fronteiras.

“Os oficiais de fronteira são o primeiro ponto de contato na mobilidade das populações”, por isso serão treinados com procedimentos de controle da doença, diz o comunicado.

Para atingir as metas de prevenção e controle do vírus, a OIM vai envolver líderes comunitários e voluntários, treinando-os sobre as causas, os sintomas e modos de prevenção e contaminação.

Além disso, serão divulgadas informações para apoiar as lideranças comunitárias.

“A nossa visão é construir sistemas de vigilância de saúde mais fortes e com mais capacidade de resposta que protejam o povo de Gana, bem como de outras doenças transmissíveis como a cólera”, disse Sylvia Lopez-Ekra.

Desde o início do surto de ebola na África Ocidental, há mais de um ano, foram registrados cerca de 25 mil casos da doença, que provocou 10 mil mortes.

Trata-se da maior epidemia de ebola desde que a doença foi detectada em 1976, a 100 quilômetros do rio que deu o nome ao vírus, na República Democrática do Congo.

Fonte: Site da Agência Brasil em 10/04/2015

(*)imagem meramente ilustrativa.

AddThis Social Bookmark Button
 

Termina o prazo para participar da consulta pública sobre Enem Digital

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Escrito por bew Ter, 17 de Março de 2015 09:28

 

enem

(*)

Hoje (17) é o último dia para participar da consulta pública sobre o aprimoramento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A intenção do ministro da Educação, Cid Gomes, é tornar a prova digital. A consulta está disponível na internet. É possível dar sugestões sobre a aplicação da prova, a ampliação do banco de itens e a segurança do exame.

A ideia de digitalizar o Enem é defendida por Gomes como forma de simplificar a logística e reduzir custos.

A consulta pública Enem Digital traz três perguntas. A primeira pede sugestões para a ampliação do banco de itens nas quatro áreas de conhecimento do exame – linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. Na segunda pergunta, os participantes podem sugerir medidas para aprimorar a logística, segurança e aplicação da prova. Na terceira, há espaço para comentários.

A nota do Enem é usada pelos estudantes para ingressar em instituições públicas e privadas de ensino superior por meio de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Mais de 6,2 milhões de candidatos participaram da última edição do exame, em 2014.

Em menos de três meses, esta é a segunda consulta pública lançada pelo MEC. A primeira colheu opiniões da população sobre a função do diretor nas escolas públicas de educação básica. De acordo com o MEC, o resultado da consulta será utilizado para a criação de um programa de valorização de diretores de escolas públicas de ensino básico municipais, estaduais e federais de todo o país.

A realização de consultas públicas é orientação da presidenta Dilma Rousseff e deverá ocorrer, segundo o MEC, antes do lançamento de todos os programa da pasta.

 

Fonte: Site Agência Brasil  em 17/03/2015 06h07

(*)imagem meramente ilustrativa - arquivo
AddThis Social Bookmark Button
   

Consulta pública diretor principal

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Escrito por bew Seg, 23 de Fevereiro de 2015 12:56

plebiscito

(*)

Veja no site do  MEC

 http://pddeinterativo.mec.gov.br/diretorprincipal/

 

 

(*) imagem meramente ilustrativa - arquivo

AddThis Social Bookmark Button
 

Ministério da Educação abre inscrições para o Fies

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Última atualização em Seg, 23 de Fevereiro de 2015 12:50 Escrito por bew Seg, 23 de Fevereiro de 2015 12:45

estudantes

(*) 

O Ministério da Educação (MEC) abre hoje (23) inscrições para novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre de 2015. As inscrições poderão ser feitas exclusivamente pela internet até o dia 30 de abril.

A portaria que dispõe sobre o prazo de inscrição está publicada na edição de hoje (23) do Diário Oficial da União. Define também que serão observados os indicadores de qualidade de instituições de ensino superior para a concessão do financiamento.

Um guia divulgado pelo MEC informa que para se inscrever o estudante deverá acessar o sistema informatizado (SisFies) e inserir os dados solicitados. Após prestar essas informações, receberá mensagem no endereço eletrônico informado para a validação do cadastro. A partir daí, o estudante acessará o SisFies e fará sua inscrição informando os dados pessoais, do curso e instituição e as informações sobre o financiamento solicitado.

Após concluir a inscrição, o estudante deverá validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), na instituição de ensino, em até dez dias, contados a partir do dia posterior ao da conclusão da inscrição.

Após a validação das informações o estudante deverá comparecer a um agente financeiro do Fies em até dez dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.

No ano passado, o ministério alterou as regras para concessão de novos contratos do Fies. O estudante terá que obter um resultado mínimo de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para conseguir o financiamento. Disciplinou também o uso simultâneo de recursos do Fies e do Programa Universidade para Todos (ProUni). Um estudante só poderá usar os dois programas quando tiver bolsa parcial do ProUni e o complemento do Fies for para o mesmo curso e na mesma instituição de ensino superior.

 

Fonte: Site Agência Brasil em  23/02/2015 10h24

(*) foto imagem: arquivo Agência Brasil 

AddThis Social Bookmark Button
   

Pagina 1 de 30